O Secret e o anonimato na web

secret-2

Muitos problemas estão acontecendo no Brasil desde que o aplicativo Secret passou a ser disponibilizado para download. 

Culpam o aplicativo, como se tivesse vida própria e semeasse a discórdia sem qualquer interferência por parte de seus usuários.

Falta mesmo, na realidade, maturidade e educação para o uso de uma ferramenta como essa e, ao mesmo tempo, fica sempre a questão no ar: postar anonimamente tem o intuito de esconder aquele que encaminha a mensagem para a web, ou seja, porque alguém precisa se colocar no anonimato e não pode mostrar a cara? 

Certamente porque está usando para ações que não são legítimas, legais, aceitas socialmente, relacionadas a violência, a discriminação, ao ataque a outras pessoas.

Não haveria então possibilidade de usar esta ferramenta de modo positivo?

Postar, por exemplo, receitas de bolos deliciosos, letras de músicas para que outras pessoas aprendam e toquem sem se preocupar com direitos autorais (somente pelo prazer da coisa), lindas mensagens de amor ou amizade que alguém pode copiar e enviar para seus próximos, uma oração que ilumine o dia de alguém com problemas, uma história engraçada para fazer um internauta rir ou uma boa notícia publicada nos cantos dos grandes jornais para que outros saibam e se sintam melhor por isso?

Atacar tem sido a palavra de ordem. Os usuários do Secret encontraram no app uma máscara que lhes esconde o rosto e permite ser quem querem ser, sem qualquer medo de censura ou repreensão alheia.

Li em algum lugar que o caráter de uma pessoa se revela pelo que ela faz quando os outros não estão olhando. Se para na praça e se dá ao trabalho de pegar um pedaço de papel ou uma latinha e jogar no lixo, sem que ninguém perceba, demonstra quem é, sua preocupação com o meio e com as outras pessoas; ao auxiliar um idoso a atravessar a rua, igualmente revela o seu ser a partir de uma ação simples em que ajuda um desconhecido; se uma criança chora perdida num supermercado e alguém a socorre para que encontre os pais, igualmente se demonstra quem é este ser humano.

Do mesmo modo, aqueles que usam do anonimato para atacar, ofender, xingar, demonstrar preconceito, incitar a violência e outras ações que demonstram o que o ser humano tem de pior e de mais vil, igualmente demonstram quem realmente são. 

Tecnologias e seus serviços, como por exemplo os aplicativos, não tem vida própria como já afirmei, seus usuários é que podem transformá-los em instrumentos de paz ou em armas de guerra. Neste sentido, o uso inapropriado do Secret e de qualquer outro app talvez não seja apropriado no Brasil hoje não pelo que o aplicativo oferece, mas sim pela falta de educação e preparo para seu uso por aqueles que o baixaram em seus dispositivos móveis para se esconder no anonimato prometido visando ferir ou ofender alguém pela internet. 

Por João Luís de Almeida Machado

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s