O que você pode fazer por um mundo melhor?

Image
Quer um mundo melhor? A primeira coisa a fazer é sair da zona de conforto, descruzar os braços e trabalhar por isso. Não é preciso realizar grandes revoluções, arregimentar dezenas, centenas ou mesmo milhares de pessoas. Pode-se começar a partir das próprias ações, dentro de seu cotidiano, realizando pequenas mudanças e semeando bons exemplos para as pessoas com as quais convive, especialmente para as crianças. Pensando nisso, seguem abaixo algumas práticas que podem ajudar você e também as pessoas próximas e que certamente, apesar de parecerem pequenas realizações, ajudam o mundo a ser melhor.
– Faça bem o que tem que fazer. Torne isso um mantra, uma tônica em sua vida. O resultado final pode não ser perfeito, mas será o melhor que você puder fazer e, certamente, lhe renderá a satisfação de assim ter agido, além do provável reconhecimento de quem o cerca. O mais importante nisso tudo é, no entanto, que você se veja no que realizou e, por ter feito o seu melhor, que fique tranquilo em sua consciência por ter trabalhado sempre em busca da qualidade, do sucesso, do esmero. Uma ação bem realizada frutifica no seu ser e produz para quem usufrui igualmente uma repercussão positiva!
– As adversidades se colocam no nosso caminho muitas vezes e, em relação a elas, temos que mostrar coragem e disposição, entendendo-as como possibilidades de crescimento e maturação do nosso ser. Aprender sempre, mesmo nestes momentos difíceis é uma das formas de tornar o mundo um lugar melhor. Não desanime, ainda que exista sofrimento, dor e perdas, vá em frente, desafie os infortúnios, cresça e demonstre o quanto você é forte. Este exemplo de superação pessoal o torna mais confiante e passa para todos ao seu redor uma aura positiva que traz inspiração e motivação para que também eles consigam reverter situações difíceis e virar o jogo.
– Ainda que a situação seja difícil não perca a esperança, a força interior e carregue consigo sentimentos bons. Veja mesmo na escuridão que há luzes, mantenha-se sempre confiante e forte quanto a seus objetivos. Se seus atos e pensamentos conduzem para o bem, não há o que temer, pelo contrário, o que lhe espera ao final de todo esforço é a recompensa, a consideração, a vitória.
– Na relação com as pessoas em seu dia a dia seja sempre franco e honesto, correto e positivo. Cumprimente-as com respeito e cortesia, tenha sempre palavras de incentivo e que traduzam energia positiva para elas. Procure sorrir, ria mais. Leve a vida com leveza, seriedade é importante, trabalho árduo e produtividade também, mas é preciso que o coração esteja compassado, em paz, distante do estresse e de mágoas pequenas que podemos evitar simplesmente colocando os problemas em sua dimensão real e não permitindo que eles extrapolem os limites e tornem-se maiores que a vida…- Cultive sua fé. Reze. Peça a Deus não por si, mas pelos outros, pelo mundo, pela natureza.

– Proteja a natureza. Seja ecologicamente correto, plante arvores, recicle jornais e materiais descartáveis que sejam reutilizáveis, gaste menos água, ande a pé ou de bicicleta, utilize mais os transportes coletivos, consuma de forma responsável e equilibrada, o planeta agradece.

– Viaje e conheça o mundo. Vá a praia sempre que puder e se delicie no mar, com as ondas, a areia, o sol e as pessoas. Suba a serra e visite as montanhas, sinta o ar puro e fresco, o clima temperado e se delicie com comidas típicas. Vá a outros países e desfrute de sua cultura e de suas belezas naturais…

– Alimente-se de forma equilibrada e pratique exercícios. Faça caminhadas ou corra. Insira frutas e verduras em sua dieta regular. Vá a piscina e faça hidroginástica ou natação. Coma mais carnes brancas. Ande de bicicleta. Modere o consumo de açúcares. Jogue futebol o vôlei. Tome muita água durante o dia… Mais do que ouvir estes e tantos outros conselhos, faça com que se tornem parte de sua rotina, seu corpo agradece muito!

– Estimule o seu cérebro. Leia livros, vá ao cinema, assista peças teatrais, acompanhe espetáculos de música e dança, frequente museus e exposições… O corpo precisa de exercício e a cabeça humana também, é como um músculo (o mais importante de todos) que necessita de malhação cultural para se desenvolver.

– Seja solidário. Estenda sua mão. Faça o bem para o próximo. Dedique tempo, doe dinheiro ou bens se puder, mas acima de tudo, se faça presente, traduzindo em presença e bondade a fraternidade e solidariedade que o mundo tanto precisa.

– Por fim, apegue-se ao que realmente importa. Bens materiais são necessários, mas não representam o que a vida nos dá de melhor. Trabalho e realização profissional são importantes para que nos sintamos bem, mas estão num segundo plano (ou deveriam!). As pessoas que amamos é que não podem passar despercebidas, são elas que nos dão o estímulo, o sentido da vida e que nos fazem perceber quem somos, porque estamos aqui, o quanto somos importantes de fato, nossas qualidades (e também defeitos!). Ame-os com intensidade.
Todas estas ações repercutem não apenas para você, mas para todas as pessoas ao seu redor. Você passa a estar melhor consigo mesmo e traduz em suas ações este estado de espírito. O mundo fica melhor ao seu redor e mais pessoas fazendo isso, multiplicam-se os sentimentos e ações positivas!

Por João Luís de Almeida Machado

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s